//O Que é Preciso para Montar uma Empresa de Transporte Escolar?

O Que é Preciso para Montar uma Empresa de Transporte Escolar?

O Que é Preciso para Montar uma Empresa de Transporte Escolar?

 

Montar uma empresa de transporte escolar pode ser um excelente negócio, com boas possibilidades de rendimento e que permite um horário mais flexível para o empresário.

A busca por este tipo de serviço é cada vez maior, pois os pais tendem a procurar por um transporte seguro para os filhos e que, ao mesmo tempo, busque e entregue na própria residência, dentro do horário previsto.

Neste post, nós elencamos os aspectos mais importantes que você deve considerar ao estruturar o seu negócio de transporte escolar. Confira nossas dicas:

 

Estabeleça o público-alvo

O público-alvo neste tipo de negócio é abrangente, normalmente crianças ou jovens que moram longe das instituições. Ao traçar a sua rota, é preciso tomar o cuidado de trabalhar no transporte às instituições próximas umas das outras, de forma que traga maior comodidade aos filhos dos clientes. Caso contrário você poderá, inclusive, causar atrasos aos alunos ou fazer com que acordem muito cedo e cheguem tarde em suas casas. Além disso, o custo da operação de transporte tende aumentar à medida que a distância é maior.

 

Avalie a concorrência

Em muitas regiões existem empresas de transporte escolar já consolidadas, além de algumas instituições fornecerem transporte para os alunos, contudo, ainda é possível encontrar boas possibilidades considerando um público-alvo de 6 a 12 anos, devido às dificuldades de conseguir vagas e a abertura frequente de novas instituições.

Por isso, verifique qual é o nível de concorrência e espaço na localidade pretendida, e fique atento às eventuais possibilidades e iniciar o seu negócio.

 

Monte a estrutura do negócio

Será necessário um veículo habilitado e que esteja em boas condições. Obviamente, o veículo e o motorista devem ser devidamente credenciados no Departamento de Trânsito da região. Para que o condutor seja aprovado e regularizado, é obrigatória a habilitação tipo D e possuir mais de 21 anos.

O ideal é que, acompanhando o motorista do transporte, haja um ajudante, o qual será responsável por acomodar as crianças e jovens, conferir se estão utilizando o cinto corretamente, abrir as portas e auxiliar o condutor no que for necessário.

Os veículos mais utilizados neste segmento são vans e micro-ônibus, pois têm bom espaço interno, segurança e permite acomodar mais passageiros.

 

Lembre-se de que segurança e monitoramento são vistos como diferenciais

O principal diferencial buscado pelos pais para escolher as empresas de transporte escolar é a segurança. Saber que seus filhos estarão seguros, que chegarão bem em casa e que a empresa trabalha com transparência deixa os pais muito mais tranquilos, o que influencia significativamente na contratação do serviço.

A segurança e o monitoramento podem ser feitos com sistema de tecnologia avançado e customizado, integrando câmeras de vigilância dentro das vans e ônibus, acessadas em tempo real via wireless ou 3G pelos clientes, GPS instalado no transporte escolar e sistemas de segurança contra fraudes e furtos. O cuidado com a segurança é um fator decisivo para o sucesso do negócio, e não pode ser negligenciado de forma alguma.

 

Verifique a documentação obrigatória

Para abrir a empresa é preciso fazer o registro na Junta Comercial, na Secretaria da Receita Federal, recebendo o número do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), Receita Estadual, cadastro no INSS. É importante estar atento à vistoria realizada pelo Corpo de Bombeiros e, claro, fazer os registros no Departamento de Trânsito respectivo.

Não deixe de lado esta parte burocrática e garanta que o seu negócio esteja devidamente regulamentado.

 

Pesquise sobre o investimento necessário

O valor do investimento pode variar bastante em razão do veículo utilizado para o transporte escolar, o sistema de monitoramento adotado, os custos operacionais, o investimento nos funcionários, etc. Em geral, para iniciar o negócio, aponta-se um valor médio de R$ 70.000 mil reais.

Dica importante: lembre-se de que é possível adquirir veículos com desconto por se tratar de atividade profissional (a chamada venda direta de fábrica).

 

Pronto para começar o seu negócio? Assine a nossa newsletter e receba mais informações sobre gestão de frotas!

E-Book Grátis: 10 problemas que fazem sua empresa de ônibus perder dinheiro (e como evitá-los)

By | 2015-07-03T17:02:32+00:00 julho 3rd, 2015|Busvision|0 Comments

About the Author: